TEMPO



Tempo.

Tempo de criança.

Tempo de jovem.

Tempo de velho.

Tempo de eternidade.

Falta e excesso.

De tempos em tempos.

A ampulheta esgotada informa o término.

O bem-te-vi avisa o recomeço.

Os dias sucedem as noites em vigília.

Sonha com tempestade.

Sofre por seus limites.

Abraços. Arranhas.

Recita um mantra.

Chove na montanha.

Pendurado e enforcado. Chora e faz drama.

A vida o assola.

A ilusão atormenta.

Ressurgirá impávido rosnando alto e profundamente. Espera.

Decide sabotar.

Enganar na soma.

A existência acomete.

Tempo acontece.

Imagem: Unsplash/Aron Visuals


© 2017 Cristina Fürst. All Right Reserved.