SÓ POR HOJE



Longe de mim te pressinto.

Perto apenas sinto.

Não te abraço,

nem te beijo.

Caminho ao seu lado a esmo.

Enquanto os passos apagados não serão seguidos.

Não por hora.

Transformo em poesia,

a crônica ferida do dia.

Só por hoje.




Imagem: @mnacarat

Rodada 94 @caneta,lente&pincel

15 visualizações

© 2017 Cristina Fürst. All Right Reserved.