SELVAGEM

Atualizado: 21 de Ago de 2019


Cresci na floresta.

Assim que abri minhas pétalas

fui capturada.

Me debati.

Gritei.

Debaixo de chibatada

fui domesticada.


Tomei corpo

e procriei.

Chegou o inverno.

Foi quando hibernei.

Com a chegada da primavera

acordei

e com muita fome

te esperei.

Foi no outono

que te devorei.

Imagem:Pixabay


175 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

AO ACASO 51

Se a ação era sem intenção desnecessário o perdão. Se a ação trazia compreensão necessária a compaixão. Se a ação denota consciência concorde com a consequência.

AO ACASO 50

Quando sua mão pousa firme em minha anca sinto a vida correr pelo meridiano do meu corpo.

© 2017 Cristina Fürst. All Right Reserved.